Índice de Democracia 2014: Brasil permanece em 44º

Janeiro 31, 2015

De acordo com o Índice de Democracia produzido pela revista The Economist por meio de sua Intelligence Unit (www.eiu.com - Democracy Index), 2014 foi um ano no qual a democracia no mundo esteve em dificuldades e sob pressão. Desde a instalação da crise econômica de 2008, muitos países, inclusive na Europa, experimentaram um enfraquecimento na governança, na participação política e na liberdade de imprensa. Pesquisas de opinião revelam que a confiança nas instituições públicas na Europa Ocidental - já observada em diversas nações antes de 2008 - declinou  de maneira aguda, fazendo com que menos de 1/5 das pessoas declarem que confiam nos partidos políticos e somente cerca de 1/3 diga que confia em seus governos e parlamentos. Pouco menos da metade da população mundial vive sob democracias de algum tipo e cerca de 2,6 bilhões de indivíduos (mais de 1/3 da população mundial, a maioria na China) ainda suporta regimes autoritários de governo.

Observando os 167 países analisados, apenas 24 deles (14,4% com 17,5% da população do planeta) está em democracias plenas; outros 52 em democracias ainda imperfeitas (31,1% com 35,5% da população); 39 têm regimes híbridos (23,4% com 14,4% da população) e 52 têm um regime autoritário no poder (31,1% com 37,6% da população).

O Brasil manteve a "nota" 7,38 obtida em 2013, após ter alcançado somente 7,12 nos quatro anos precedentes, sendo classificado no bloco das "democracias imperfeitas", portanto com 62 décimos abaixo do limite mínimo para o bloco das "democracias plenas". O Índice se baseia em cinco componentes (notas brasileiras entre parêntesis): processo e pluralismo eleitoral (9,58)- funcionamento do governo (7,50) - participação política (4,44) - cultura política (6,25) - liberdades civis (9,12), todos com peso igual no cálculo do índice geral. Um extenso volume de questões permite a atribuição de notas comparáveis para cada item. O Índice varia de 0 (pior situação) a 10 (melhor situação) e o detalhamento por país com todos seus componentes pode ser consultado no site da revista ano a ano a partir de 2008. A Rússia (ID 3,39 e 132a. no ranking) foi pontuada, respectivamente, com 3,08 - 2,86 - 5,00 - 2,50 e 3,53. Na mesma escala a China (ID 3,00 em 144º posto) obteve 0,00 - 4,64 - 3,89 - 5,00 - 1,47.

Como um exemplo, para melhor compreensão dos critérios utilizados pelo ID, veja a seguir as nove questões respondidas no item "Participação Política" no qual o Brasil teve sua mais baixa valoração: a) comparecimento na eleição nacional; b) autonomia e voz no processo político de minorias étnicas, religiosas e outras; c) proporção de mulheres no Legislativo; d) extensão da participação política associada à quantidade de membros em partidos políticos e organizações não governamentais; e) engajamento da população na política, considerando o percentual dos que tem interesse regular pela política; f) grau de preparo da população para tomar parte em demonstrações púlbicas e movimentos legais; g) percentual de adultos alfabetizados; h) interesse da população no noticiário político da mídia; i) esforços desenvolvidos pelas autoridades para promover a participação política da população.

A média global para o ID foi de 5,55, sendo de 8,59 na América do Norte - 8,41 na Europa Ocidental - 5,58 na Europa Oriental - 6,36 na América Latina - 5,70 na Ásia e Oceania - 3,6 no Oriente Médio e Norte da África - 4,34 na África Subsaariana. O quadro a seguir mostra o ID dos 167 países e a sua distribuição sequencial nas quatro grandes categorias.

ÍNDICE DE DEMOCRACIA – ID - 2014 (The Economist Intelligence Unit 2015)

POSIÇÃO

PAÍS

ID

POSIÇÃO

PAÍS

ID

Democracias plenas

 83

Mali

5,79

1

Noruega

9,93

 85

Bangladesh

5,78

2

Suécia

9,73

 86

Tanzânia

5,77

3

Islândia

9,58

 87

Sri Lanka

5,69

4

Nova Zelândia

9,26

 88

Albânia

5,67

5

Dinamarca

9,11

 89

Malawi

5,66

6

Suíça

9,09

 90

Benin

5,65

7

Canadá

9,08

 91

Fiji

5,61

8

Finlândia

9,03

 92

Ucrânia

5,42

9

Austrália

9,01

 93

Tailândia

5,39

10

Holanda

8,92

 94

Nicarágua

5,32

11

Luxemburgo

8,88

 95

Quirguistão

5,24

12

Irlanda

8,72

 96

Uganda

5,22

13

Alemanha

8,64

 97

Quênia

5,13

14

Áustria

8,54

 98

Turquia

5,12

15

Malta

8,39

 99

Líbano

5,12

16

Reino Unido

8,31

 100

Venezuela

5,07

17

Uruguai

8,17

 101

Libéria

4,99

17

Ilhas Maurício

8,17

 102

Butão

4,87

19

Estados Unidos

8,11

 103

Bósnia & Herzegovina

4,78

20

Japão

8,08

 103

Cambodja

4,78

21

Coréia do Sul

8,06

 105

Nepal

4,77

22

Espanha

8,05

 106

Palestina

4,72

23

França

8,04

107

 Moçambique

4,66

24

Costa Rica

8,03

 108

Paquistão

4,64

Democracias imperfeitas

 109

Serra Leoa

4,56

25

Rep. Checa

7,94

 110

Madagascar

4,42

26

Bélgica

7,93

 111

Iraque

4,23

27

Índia

7,92

 112

Mauritânia

4,17

28

Botswana

7,87

 113

Armênia

4,13

29

Itália

7,85

 114

Burquina Faso

4,09

30

África do Sul

7,82

 115

Niger

4,02

31

Cabo Verde

7,81

 Regimes Autoritários

32

Chile

7,80

 116

Marrocos

4,00

33

Portugal

7,79

 117

Argélia

3,83

34

Estônia

7,74

 118

Haiti

3,82

35

Taiwan

7,65

 119

Líbia

3,80

36

Israel

7,63

 120

Kuwait

3,78

37

Eslovênia

7,57

 121

Jordânia

3,78

38

Lituânia

7,54

 121

Gabão

3,76

39

Letônia

7,48

 121

Nigéria

3,76

40

Polônia

7,47

 124

Etiópia

3,72

41

Grécia

7,45

 125

Belarus

3,69

42

Chipre

7,40

 126

Costa do Marfim

3,53

43

Jamaica

7,39

 127

Cuba

3,52

**44 **

**Brasil **

**7,38 **

 127

Comoros

3,52

45

Eslováquia

 7,35

 129

Togo

3,45

46

Timor Leste

7,24

 130

Vietnã

1,41

47

Panamá

7,08

 130

Camarões

3,41

48

Trinidad e Tobago

6,99

 132

Rússia

3,39

49

Indonésia

6,95

 133

Angola

3,25

50

Croácia

6,93

 134

Burundi

3,33

51

Hungria

6,90

 135

Ruanda

3,25

52

Argentina

6,84

 136

Qatar

3,18

53

Suriname

6,77

 137

Cazaquistão

3,17

53

Filipinas

6,77

 138

Egito

3,16

 55

Bulgária

6,73

 139

Oman

3,35

 56

Sérvia

6,71

 140

Swazilândia

3,09

 57

Romênia

6,68

 141

Myanmar

3,05

 57141

México

6,68

141

Gâmbia

3,05

 59

Rep.Dominicana

6,67

 143

 Guiné

3,01

60

Lesoto

6,66

 144

China

3,00

 61

Mongólia

6,62

 145

Djibouti

2,99

 62

Colômbia

6,55

146

Congo Brazaville

2,89

 63

Peru

6,54

 147

Bahrain

2,87

 64

El Salvador

6,53

 148

 Azerbaijão

2,83

 65

Malásia

6,49

 149

Yêmen

2,79

 66

Hong Kong

6,46

 150

Zimbabwe

2,78

 67

Zâmbia

6,39

 151

Afeganistão

2,77

 68

Gana

6,33

 152

Emir. Árabes Unidos

2,64

 69

Moldávia

6,32

 153

Sudão

2,54

 70

Tunísia

6,31

 154

Uzbequistão

2,45

 71

Paraguai

6,26

 155

Eritréia

2,44

 72

Macedônia

6,25

 156

Tajikistão

2,37

 73

Namíbia

6,24

 157

Laos

2,21

 74

Senegal

6,15

 158

Irã

1,98

 75

Papua Nova Guiné

6,03

 159

Guiné-Bissau

1,93

 75

Cingapura

6,03

 160

Turcomenistão

1,83

** Regimes híbridos**

 161

Arábia Saudita

1,82

 77

Montenegro

5,94

 162

Burindi

1,75

 78

Guiana

5,91

 163

Síria

1,74

 79

Equador

5,87

 164

Guiné Equatorial

1,66

 80

Honduras

5,84

 165

Chade

1,50

 81

Georgia

5,82

 166

Rep. Centro Africana

 1,49

 82

Guatemala

5,81

 167

Coréia do Norte

1,08

 83

Bolívia

5,79

Tags: [Brasil, Coréia do Norte, democracia, Democracias imperfeitas, Democracy Index, Noruega]