Agora, vidas são salvas no Mediterrâneo

Migrantes salvos rumo à Sicília (foto Al Jazeera)

Os bons ventos e o clima favorável da primavera no sul da Europa fez com que mais de 40 mil migrantes vindos principalmente das costas da Líbia ariscassem suas vidas na travessia rumo às costas da Itália e de Malta. Numa tardia reação ao auge da atual crise dos últimos meses, navios dos dois países mais diretamente afetados, do Reino Unido, Bélgica, Alemanha, Dinamarca, Irlanda, Finlândia e Islândia na Operação Triton estão atuando mais energicamente.  Segundo noticiário da Al Jazeera mais de 5 mil migrantes foram resgatados esta semana. Os desembarques são feitos em nove portos nas ilhas italianas de Lampedusa, Sicília, Sardenha, além de na Calabria e Puglia mais ao sul.

Be the first to comment

Deixe seu Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*