As 52 eleições de 2019

Há uma verdadeira explosão eleitoral mundo afora neste ano de 2019. São nada menos que 52 pleitos espalhados por todos os continentes, envolvendo eleições somente presidenciais, parlamentares e, em sua maioria, gerais. A América Latina contribui com sete delas, uma já ocorrida em El Salvador e as demais, pela ordem, no Panamá, Guatemala, Guiana, Uruguai, Argentina e Bolívia. Desde logo, as maiores atenções estarão voltadas para a disputa deste último sábado de fevereiro na Nigéria que encabeça a lista dos grandes ou mais sensíveis: Índia, Indonésia, Austrália, Canadá, Ucrânia, Afeganistão, Líbia, Israel, Espanha, Holanda, Grécia.

Uma vez mais, ficam de fora aqueles cujos presidentes ou ditadores quase nunca mudam. Há 16 países cujos governos perduram entre 10 e 19 anos, outros 6 entre 20 e 30 anos, além de 4 cujos dirigentes lá se encontram há mais de três décadas. Os “comandantes” mais longevos são Paulo Biya há 44 anos em Camarões; Teodoro Obiany Nguema Mbasoyo há justos 40 anos na Guiné Equatorial (ao visitá-lo Lula declarou que precisava aprender como ficar tanto tempo no poder) e Hun Sen há 34 anos no Camboja. (Fonte: Al Jazeera, 20/02/2019)

Eleições no mundo em 2019 (mapa pela Wikipedia)

A nova tendência na América Latina

A escolha de Nayib Bukele, prefeito da capital, reafirmou em El Salvador neste primeiro domingo de fevereiro a tendência ao retorno de partidos centristas ou de direita na América Latina. Desde os Acordos de Paz firmados em 1992 e que colocaram um fim a dez anos de guerra civil no pequeno país centro-americano, o governo foi dividido entre a Alianza Republicana Nacionalista – a Arena de tristes recordações pelos esquadrões da morte que eliminavam revolucionários, e a Frente Farabundo Marti para la Liberación Nacional, a FMLN que, por sinal, forneceu o último presidene, o lamentável Salvador Cerén que, ademais de não controlar as gangues criminais que assolam o país, expulsou Bukele do partido, empurrando-o para uma nova sigla, a GANA (Gran Alianza por la Unidad Nacional) com a qual triunfou no 1º turno com 53% dos votos contra 32% da Arena e somente 14,4% da FMLN.

O resultado repercurtiu na vizinha Nicarágua, onde o sandinista Daniel Ortega, antevendo o que poderia acontecer-lhe caso venha a permitir o retorno à democracia, decidiu ainda mais aferrar-se à cadeira presidencial.

A vez da Nigéria

Com 182 milhões de habitantes e um crescimento anual de 2,5%, a Nigéria – maior país da África – será o 3º mais populoso do planeta em 2050. Sua capital no extremo sul, Lagos, tem hoje na região metropolitana cerca de 21 milhões de moradores.

A desorganização eleitoral impera, tendo levado horas antes do início amplamente divulgado, ao adiamento por uma semana da eleição prevista para 16 de fevereiro, pois as cédulas não haviam chegado a muitos dos locais de votação. São nada menos que 70 candidatos concorrendo, mas a decisão do vencedor será entre dois muçulmanos sunitas: Muhammadu Buhari que tenta a reeleição e o oposicionista Atiku Abubakar.

Ambos são provenientes do norte onde os seguidores de Maomé são predominantes. O presidente anterior a Buhari era cristão e originário do sul, mais desenvolvido em parte graças a Lagos. A população está dividida meio a meio entre muçulmanos e cristãos que são 25% católicos e 75% protestantes, reinando uma relativa e boa convivência geral, pelo menos nos últimos anos.(VGP)

52 eleições

Eleições em 2019

Presidenciais

Parlamentares

Gerais

Data

País Data País Data

País

24/2 Senegal 3/3 Estônia 3/2

23/2

El Salvador

Nigéria

16/3 Eslováquia 24/3 Tailândia …/3 Tuvalu
24/3 Comoros 7/4 Andorra 10/3 Guiné Bissau
31/3 Ucrânia 14/4 Finlândia …/4 e 5 Índia
18/4 Argélia 30/4 Mali 9/4 Israel
30/4 Macedônia do Norte 30/4 Chade 17/4 Indonésia
12/5 Lituânia …/6 Líbia 28/4 Benin
30/6 Letônia …/7 Nauru 28/4 Espanha
20/7 Afeganistão …/5 Austrália
6/10 Portugal …/5 Mauritânia
20/10 Suíça 5/5 Panamá
.23/10 Argentina 8/5 África do Sul
…/12 Croácia 13/5 Filipinas
 …/12
Romênia
21/5 Malawi
26/5 Bélgica
27/5 Holanda
16/6 Guatemala
30/6 Dinamarca
…/7 Guiana
…/10 Botswana
…/10 Canadá
…/10 Uruguai
15/10 Moçambique
20/10 Grécia
27/10 Bolívia
…/11 Ilhas Marshall
…/11 Namíbia
…/12 Dominica
…/12 Tunísia

 

Be the first to comment

Deixe seu Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*