3. Península Balcânica e suas raízes (3º texto da Série “Bálcãs: um debate atual”)

De contornos sempre voláteis em acordo às etapas históricas e as influências políticas, os Bálcãs constituem um dos mais intrigantes aspectos na política internacional, desafiando os especialistas e todos que procuram compreender sua complexa e sempre mutante realidade.

A Península Balcânica está situada a sudeste do continente europeu numa posição estratégica que lhe confere o papel de ligação entre o Ocidente, o Oriente Médio e a Ásia Menor que atualmente é a Anatólia, na Turquia.

Desde o Peloponeso no extremo sul da Grécia até Constanta na Romênia ou Ljubljana na Eslovênia, e entre o Mar Adriático e o Mar Negro, inclui doze países ocupando uma área total de 789 mil km2 caso se considere como critério de medida a totalidade de seus territórios, ou 487,5 mil km2 segundo o conceito estrito. Este só atribui aos Bálcãs as terras ao sul da Croácia, o continente grego (exceto as ilhas onde vive 1,5 milhão de pessoas), 5% da Romênia (a província de Dobruja), 80% da Sérvia (o sul, não incluindo Vojvodina nem o norte de Belgrado), a metade da Eslovênia (ao sul) e a parte europeia da Turquia, além de 100% dos demais seis países (Albânia, Bósnia & Herzegóvina, Bulgária, Kosovo, Montenegro e Macedônia).

O quadro abaixo e o mapa fornecem informações essenciais para a compreensão da região. Para estabelecer a população total, considera-se que embora alguns países tenham só uma parte da sua área dentro da Península Balcânica, todos os habitantes são influenciados e participam das decisões políticas que a envolvem. A exceção é o caso da Turquia asiática onde está 86% da população do país.

PENÍNSULA BALCÂNICA

PAÍS (1)

CAPITAL ÁREA TOTAL (mil Km2) ÁREA NA PENÍNSULA BALCÂNICA (em %) ÁREA NA PENÍNSULA BALCÂNICA (mil Km2) POPULAÇÃO

TOTAL (2017, em mil pessoas)

ETNIA DOMINANTE(2)

RELIGIÃO DOMINANTE

Albânia Tirana 28.748 100 23.748 2.891 Albanesa Islã
Bósnia & Herzegovina Sarajevo 51.197 100 51.197 3.802 Bósnia Islã
Bulgária Sofia 110.879 100 110.879 7.056 Búlgara Cristã Ortodoxa
Kosovo Pristina 10.887 100 10.887 1.809 Albanesa Islã
Macedônia Skopje 25.713 100 25.713 2.085 Macedônica Cristã Ortodoxa
Montenegro Podgorica 13.812 100 13.812 627 Montenegrina Cristã Ortodoxa
Croácia Zagreb 56.594 59 33.400 4.212 Croata Católica
Sérvia Belgrado 77.474 85 66.000 8.775 Sérvia Cristã Ortodoxa
Romênia Bucarest 238.391 5 11.920 19.210 Romena Cristã Ortodoxa
Grécia Atenas 136.957 80 109.565 10.873 Grega Cristã Ortodoxa
Eslovênia Ljubljana 20.273 50 10.136 2.074 Eslovena Católica
Turquia Ankara 524.689 3 23.507 11.372 Turca Islã
TOTAL 1.196.614 40 482.213 74.786

(1): Da Itália, 300 Km2 (Trieste e Montfalconia) fazem parte da Península. Da Turquia os dados correspondem a 3% do território e a 14% da população; (2) Vide o mapa étnico dos Bálcãs no texto de apresentação da Série: “Bálcãs: um debate atual”

A questão étnica está sempre presente, e quando uma delas forma uma comunidade em outro país, mantém seu próprio idioma e costumes. Um exemplo é o Kosovo, onde a minoria sérvia construiu um muro, que durou alguns meses apenas, para separá-la dos kosovares. Não obstante, os povos balcânicos são essencialmente eslavos (os Eslavos do Sul), com a óbvia exceção de gregos e turcos. Além das etnias que conseguiram compor um país para si, várias outras persistem ou como feudos localizados ou como orgulhosas minorias espalhadas pela península. Assim, há os gypsies ou ciganos que são autóctones da Romênia, mas estão presentes em vários outros países; os judeus que sobreviveram ao holocausto promovido pelos nazistas e por diversos governos locais durante a 2ª. Guerra e que não foram para Israel. A caça aos judeus foi facilitada nos Bálcãs por suas característica ênfase aos nacionalismos, fazendo com que as comunidades israelitas fossem facilmente identificadas. Ainda agora é assim, mas há exemplos de convivência pacífica como em Prizren, a 40 milhas de Pristina no Kosovo, pequena localidade que abriga uma mescla étnica que inclui albaneses muçulmanos de várias denominações (sunitas, sufistas, etc.), cristãos ortodoxos, católicos e exatamente 56 judeus.

Outras etnias resistem e lutam para manter suas identidades, como os Pomaks, muçulmanos eslavos da Bulgária; os Gorani da floresta de Gora no sul do Kosovo; os Sarakatsani, povo pastor da Grécia; os Aromanians da Grécia até a Albânia e a Bulgária; os Janjevci que na Guerra da Iugoslávia migraram para a Croácia onde o governo os alocou nas casas que recém tomara aos sérvios na Eslavônia Ocidental.

Kosovo e suas fronteiras em 2.017

*Península Balcânica, sudeste da Europa. O Kosovo, que este mapa não mostra, situa-se no extremo sul da Sérvia (da qual se separou e que não o reconhece) fazendo fronteira com a Macedônia, Montenegro, Albânia e a própria Sérvia. Vide no mapa menor, à direita, o pequeno Kosovo e os países que o cercam.

Be the first to comment

Deixe seu Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*