Coral Alejandrov Ensamble perde 64 integrantes no Mar Negro

Aeronave Tupolev-154 do Exército russo (foto em "Airplane Pictures, de Alexander Martynov)
Aeronave Tupolev-154 do Exército russo (foto em “Airplane Pictures, de Alexander Martynov)
Coral Alejandrov Ensamble perde 64 integrantes no Mar Negro

A aeronave TU-154 do Exército russo caiu no Mar Negro em 21 de dezembro de 2016 cinco minutos depois de decolar do aeroporto Adler da cidade russa de Sochi, matando todos seus 84 passageiros e 8 tripulantes. Entre as vítimas estavam 64 componentes do famoso Coral Alejandrov Ensamble das Forças Armadas russas. O vôo dirigia-se à Base Aérea soviética Hmeymin em Latakia, Síria, com a missão de alegrar o período de fim de ano das tropas que fazem a guerra em defesa do presidente sírio Bashar al-Assad.
O primeiro Tupolev-154 é de 1972, sendo o correspondente ao modelo Boeing 727. É o mais utilizado no país. O avião que caiu nas águas do Mar Negro foi construído em 1983 e é idêntico ao que vitimou Lech Kaczynski (presidente da Polônia) e outros 95 passageiros em abril de 2010 num acidente nos arredores de Smolensk, na Rússia Ocidental.
Veja aqui o vídeo em que o Coral executa a tradicional canção Kalinska, referência a um pequeno arbusto comum nas cidades e matas da Europa oriental.

Be the first to comment

Deixe seu Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*