Crise na Petrobrás: repercussões internacionais – Uma síntese pela Bloomberg (Boletim nº 14, em 10/5/2015)

A Agência de Notícias financeiras Bloomberg foi fundada em 1982 por Michael Bloomberg em sua cidade natal, New York, logo após ter deixado o posto de prefeito que exercera de 2002 a 2013.

A reportagem agora publicada com o título “The betrayal of Brazil” (em tradução livre, A traição do Brasil) expõe detalhadamente os caminhos da corrupção e as conexões entre as várias personagens envolvidas, incluindo as figuras de Norberto Odebrecht e do ex-presidente Lula da Silva.

O texto completo pode ser lido em: http://www.bloomberg.com/news/features/2015-05-08/brazil-s-massive-corruption-scandal-has-bitterness-replacing-hope.

Numa certa altura a reportagem faz uma dura análise do passado recente: “Não é somente o drama de um escândalo que se expande feito bola de neve que prende a atenção dos brasileiros. Há uma resignação crescente – e temor – de que o país, que parecia tão perto de juntar-se ao bloco das mais desenvolvidas nações, não mais será capaz de fazê-lo. Lula inspirou o país com promessas de “um novo Brasil” que deixaria para trás cinco séculos de pobreza e corrupção. Os brasileiros agora compreendem que por baixo das promessas de Lula estava um bem disfarçado jogo de corrupção que enriqueceu a alguns poucos e bloqueou a competitividade do país.

May 8, 2015

by Michael SmithSabrina ValleBlake Schmidt

The Betrayal of Brazil

As a massive corruption scandal unfolds, Brazilians are facing some stark truths: The powerful and connected are still dividing the country’s riches among themselves. The past decade’s economic miracle was in large part a mirage. And the future is again on hold. (Com o desdobramento de um vasto escândalo de corrupção, os brasileiros estão enfrentando algumas duras verdades: Os poderosos e influentes ainda estão dividindo as riquezas do país entre eles. O milagre econômico das últimas décadas foi em sua maior parte uma miragem. E o futuro está de novo em suspenso).

 

Be the first to comment

Deixe seu Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*