Armas químicas na Síria: ainda a metade está por remover

A Organização para a Proibição de Armas Químicas, ligada à ONU, informa que aproximadamente a metade do arsenal sírio foi removido do país para destruição em outros países. De acordo com o informe, noticiado pelo site Foreign Poliy, 46% das armas sírias foram embarcadas em dez navios, destacando que nos dois últimos que zarparam na última semana estavam as  armas tidas como as mais letais. Há um atraso de dois meses e meio em relação à data final prevista nos acordos internacionais que evitaram a mobilização norte-americana que pretendia atacar a Síria. Agora a dead-line é 27 de abril próximo. Veja neste Blog o artigo editado em fevereiro último e intitulado “Armas químicas podem ser destruídas na Síria?”.

 

Be the first to comment

Deixe seu Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*